quinta-feira, 2 de abril de 2015

Com essa eu não contava, e agora?




Esta semana o inesperado bateu em minha porta. Chegou sem pedir licença, abalou todas as certezas e mandou pra bem longe a zona de conforto.
Uma pessoa muito próxima e amada teve um problema de saúde e o diagnóstico poderia ser algo simples e corriqueiro ou um câncer.  Foram mais ou menos 60 horas até o diagnóstico que me fizeram perceber como literalmente de uma hora para outra tudo pode mudar e certezas caem por terra. e como diz minha Mestra em P.E. - como somos frágeis e precários!

De repente todas aquelas indignações com a crise política do país que tanto incomodam, ficaram de lado. A crise de incerteza estava dentro de casa fazendo brotar um turbilhão de pensamentos e reflexões...

Se o pior se confirmar, será que vou conseguir administrar a vida com este fato novo? Revejo quais recursos tenho e o principal neste momento é a fé. Acreditar que Deus está sempre a favor, me fortalece e embora ainda com as pernas bambas já me sinto melhor.  Além da minha fé tenho a família e juntos, enfrentar qualquer situação fica menos difícil. E ainda tenho os amigos, pessoas preciosas que com palavras e cuidados nos dão as mãos e nos deixam mais firmes para caminhar rumo à realidade.

Se o pior se confirmar e o tratamento exigir recursos financeiros, como será? Bem, ainda temos uma reserva cujo objetivo não era para isto, mas se for preciso, usaremos sem pestanejar. E se não for suficiente? Ah temos bens materiais que podem ser vendidos. Diante de determinadas situações, um carro, uma casa, ou qualquer bem material se torna apenas recurso e perde todo aquele significado de posse, propriedade, status, que ilusoriamente construímos. Nada nos pertence já que, se partirmos nada levaremos. Percebo então que o desapego não é algo que me provoque sofrimento e isso me deixa feliz.  

Se o pior se confirmar, alguns projetos de trabalho não serão possíveis. Todos os planos terão que ser mudados apesar de todo planejamento e ações. Isso é ruim? Talvez não seja. Constatar que posso mudar a rota se necessário, é liberdade !

Se o pior se confirmar como não se deixar engolir pela auto piedade já que antes mesmo de qualquer confirmação já me pego em lágrimas? Como acredito que nada é por acaso e que todos os males trazem o bem, é hora de exercitar esta crença com serenidade. Se é para o bem não há porque se abater, não há porque se entristecer.  Será uma caminhada nova que trará aprendizado, crescimento espiritual, que na verdade é o que importa, e a possibilidade de enxergar o mundo com um novo olhar. E mesmo porque, se queremos ser úteis e ajudar quem amamos, precisamos estar bem, com foco no positivo e ajudar a caminhada ser mais tranquila. 

Foram cerca de 60 horas até saber que o pior não se confirmou! 
Mas bastaram alguns minutos para fazer uma síntese do processo e constatar que estou aliviada é fato, afinal quem amo não terá que passar por esta situação, mas também agradecida pela família e amigos que tenho, mais leve pela consciência de liberdade e desapego, e fortalecida na fé. 
E se o pior se confirmasse? Não seria fácil, é fato, mas estaria pronta para enfrentar com coragem e muito amor para tornar a caminhada de quem amo, melhor.

E o que me ocorre neste momento :

Em tudo dai graças! 
                1 Tessalonicenses 5:18

E encerro com a prece da Serenidade que fala por si.



Deus,
Conceda-me a serenidade
Para aceitar aquilo que não posso mudar,
A coragem para mudar o que me for possível
E a sabedoria para saber discernir entre as duas.
Vivendo um dia de cada vez,
Apreciando um momento de cada vez,
Recebendo as dificuldades como um caminho para a paz,
Aceitando este mundo cheio de pecados como ele é, assim como fez Jesus, e não como gostaria que ele fosse;
Confiando que o Senhor fará tudo dar certo
Se eu me entregar à Sua vontade;
Pois assim poderei ser razoavelmente feliz nesta vida
E supremamente feliz ao Seu lado na outra. Amém.

Reinhold Niebuhr
Em tempo: Uma ótima Páscoa a todos e que o sentido de RENOVAÇÃO seja presente para que sua vida seja melhor a cada dia!






segunda-feira, 9 de março de 2015

Viva mais Feliz desenvolvendo sua Inteligência Financeira



PALESTRAS

·         Pequenas atitudes e Grandes Resultados
Uma palestra para  aprender a organizar e controlar os gastos do dia a dia.
Carga horária: 1h

·         A Herança – Uma questão de valores
Baseado na livro A Herança – Uma Historia de Inteligência Financeira,  vamos mostrar através dos personagens a importância da tomada de decisões e como nossos valores nos enriquecem. Uma palestra para quem quer ter uma vida que vale a pena ser vivida em qualquer fase.
Carga Horária : 1:30h

·         Educação Financeira Começa em Casa
Uma palestra para orientar educadores sobre a importância do exemplo na educação financeira dos filhos e como  trabalhar este tema no dia a dia de forma natural e prazerosa.
Carga horária : 2h


TEATRO

·         Mãofurada & Pédemeia- Uma vaquinha e muitas ideias.
Teatro para Educação Financeira na Empresa e na Escola, para Adultos e Crianças. Esta dupla vai trabalhar Educação Financeira, Consumo Consciente e Sustentabilidade Financeira de forma bem divertida. Consulte-nos para levar Mãofurada e Pédemeia para sua Empresa ou Escola.
Carga horária : 50´


CURSOS

·         Saiba Mais para Gastar Menos e Melhor
Baseado no Best Seller de mesmo Título, este curso  irá lhe ensinar como administrar melhor seu dinheiro. Um curso dinâmico com muitas atividades voltadas para desenvolver sua inteligência financeira.
Carga horária 4h

Gestão Financeira para Profissionais de Vendas
Um curso bem dinâmico com uma linguagem que decifra o economês e ensina como  organizar as finanças pessoais mesmo com uma renda variável.
Carga horária: 4h

·         Gestão Empresarial para Microempresários
Com linguagem simples e descomplicada, a consultora Elaine Toledo apresenta um programa focado em auxiliar os microempresários a administrarem seu próprio negócio com foco em melhores resultados.
Carga horária 16h


CONTATOS:
Fone: 11 5562-4719                      E-mail: atendimento@toledocursos.com.br

terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Próspero Ano Novo!


"Próspero Ano Novo" provavelmente é uma das frases mais escritas nos últimos dias.
 Para muitos, no entanto, não será possível. Como assim? É incrível mas muitos não sabem o que querem e portanto não se movimentarão para conquistar.

Veja os pontos a seguir para ter um Próspero Ano Novo

Ponto Zero ou  Ponto de Partida para um ano próspero: Ter um objetivo claro!
Óbvio não é? Então, coloque num papel ou arquivo a ser impresso o que você deseja para sua vida pessoal e profissional para este ano que inicia .
Seja otimista mas também realista para não se frustrar.

Ponto 1: Responda as perguntas abaixo para montar seu plano de ação .

1.O que eu quero ? - seja o mais objetivo possível;
2.Como eu quero ? - bastante detalhamento;
3.Quando eu quero? - estipule um prazo viável dentro da sua realidade;
4.Quanto custa? - faça um levantamento considerando os detalhamento acima;
5.Quem pode me ajudar? - faça uma lista de pessoas que de alguma forma pode lhe auxiliar seja com informações, com método de execução, com dicas por já ter experiência, etc.;
6. Como obterei recursos para realizar? - trace um plano estratégico para sobrar dinheiro mensalmente ou para aumentar sua renda ou para multiplicar os recursos financeiros que possui.
Algumas formas de economizar: Pergunte antes de comprar se "realmente precisa disto agora"; evite desperdícios de recursos naturais, alimentos , roupas , sapatos, brinquedos. Temos o desnecessário em excesso e muitas vezes nos falta o que realmente queremos.
Pequenos gastos como R$10,00  por semana, levam R$ 530,00 reai embora em um ano. Uma pizza simples que te leva a gastar R$ 30,00 por semana, em um ano levam R$ 1440,00.
E assim, um pouco aqui, um pouco ali e o dinheiro aparece.
Mas preste atenção: Você precisa de um objetivo motivador para resistir à pizza, à um açaí com amigos ou àquele sapato maravilhoso.

Ponto 2: Mantenha este plano impresso e em lugar visível que você tenha contato visual diário e todos os dias renove o desejo de atingir seu objetivo de ter uma vida mais próspera.

Ponto 3: Divida este plano em objetivos menores e acompanhe cada passo. Tenha disciplina e foco no que deseja para resistir à tentação do prazer no curto prazo através de gastos por impulso.

Ponto 4: Compartilhe seus planos com pessoas próximas. É uma forma de nos comprometimento.

Ponto 5: Se algo der errado, analise, peça ajuda e continue com foco no seu objetivo. Obstáculos fazem parte de qualquer plano. Veja a melhor forma de superá-los.

Ponto 5: Cada parte do seu planejamento concluída sinta-se orgulhoso e celebre. Valorize suas conquistas e se automotive para continuar.

Ponto 6: Após a conquista faça uma retrospectiva e avalei o que você leva como aprendizado.


Próspero 2015 para você!


quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Como obter uma renda extra.


Inspirada na questão da personagem Isabel do Livro A Herança que apesar de ser bem econômica, não consegue fazer sobrar dinheiro para realizar alguns sonhos,  resolvi sugerir a quem vive a mesma situação ou queira produzir uma renda extra para este final de ano, a fazer uma sobremesa deliciosa chamada Apfelstrudel.


Outra possibilidade é utilizar o doce como presente o que vai ter um valor especial por ter sido feito por você.

Para isto pedi ajuda à minha amiga Marieke. Uma Culinarista que só faz comidas deliciosas como pães integrais, tortas, quiches, panquecas e faz um Apfelstrudel maravilhoso. Marieke também faz receitas para quem tem restrições à gluten.
Se você quiser o contato da Marieke para saber tudo que ela faz ou para fazer alguma encomenda, mande um email para elaine@toledocursos.com.br.
Eu recomendo!

Abaixo o link com a apresentação da receita passo a passo. 
Espero que gostem e que tenham muito sucesso.

Acesse este link, faça seu cadastro, confirme o cadastro no email e baixe o arquivo Renda Extra
http://www.toledocursos.com.br/livros_planilhas.aspx

Nota: No mesmo link você pode baixar planilhas para controlar seu orçamento. Aproveite!

Depois me conte como foi sua experiência através do blog ou no meu email.




segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Pequenas Atitudes Grandes Resultados - Palestra para Educadores


A Palestra Pequenas Atitudes, Grandes Resultados no CONEFINHO foi sucesso total. 
O público presente gostou muito e pude conhecer pessoalmente algumas pessoas que acompanham meu trabalho há muitos anos. Gratidão é o sentimento maior por esta oportunidade. 
Na palestra falamos de algumas pequenas atitudes no dia a dia que fazem diferença na educação dos pequenos.
1.Como nós adultos escolhemos e a influência do modelo familiar nestas escolhas.
2.Dinheiro o que é? 
  • Elemento de Troca. Um Recurso Finito. Conceito de Caro exige linguagem de adequação para a criança compreender.
3. Pais devem estar de comum acordo com a educação financeira da criança para não confundi-la.

4.Mesada é ferramenta eficaz para educação financeira desde que não atrelada a rendimento escolar ou execução de tarefas. A mesada tem por objetivo desenvolver a responsabilidade e a habilidade para administrar recursos .

5.Trabalhar o "desperdício zero" com o consumo consciente. Um item que pode ser trabalhado inicialmente é o desperdício de alimentos. Para isto envolver a criança na criação de um cardápio semanal e nas compras dos itens necessários apenas . 

6.Criar a cultura da abundância doando o que não se usa. Quem retem com medo de faltar amanhã acredita na escassez. Doar é dar espaço para o novo. Todo aniversário, dia das crianças e Natal, estimular a criança a fazer doações.

7. Criança, mais do que brinquedo, quer atenção e afeto. Faça um dia das crianças diferente onde o centro das atenções seja a própria criança e não o presente. Passem um dia diferente com atividades e muitas brincadeiras.

Mãofurada e Pédemeia, uma vaquinha e muitas ideias!


A Apresentação do Teatro Mãofurada e Pédemeia no CONEFINHO- 1o.Congresso Nacional de Edução financeira infantil que aconteceu no dia 28 de Agosto no Circo dos Sonhos, foi um sucesso!

Sinopse:
Mãofurada e Pédemeia são de família circense estão treinando para montar uma apresentação no Circo como palhaços.
Mãofurada está desanimado por não ter um lugar que possa jogar bola.
Pédemeia tem uma ideia e ambos começam a pensar em todas as possibilidades de fazerem um centro de lazer no bairro.
Economizar, poupar, consumo consciente, criatividade e foco estarão presentes nas ideias.
E uma ideia puxa a outra e com a ajuda das crianças Pédemeia convence Mãofurada que é possível se houver motivação.
O último desafio será conseguir que Mãofurada não gaste o dinheiro que vai arrecadar. Será que vai conseguir?


Duração: 30 minutos

Faixa etária – 6 a 12 anos

Argumentos de Educação Financeira: poupar para realizar , vaquinha unir forças para realizar, empreendedorismo, motivação, foco, escolhas e consequências.

Texto de Elaine Toledo.

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Que tal um balanço?


A língua portuguesa tem várias palavras que são escritas e pronunciadas da mesma forma, mas que possuem significado diferente. 
A distinção se faz pelo contexto.
Uma destas palavras com duplo significado é a palavra balanço. Acredito que para a grande maioria a associação imediata se faz  com um momento agradável da infância quando nos divertíamos nos balanços dos parques querendo cada vez ir mais alto. Sou capaz de ouvir o barulho da engrenagem no ir e vir. Vento no rosto, frio na barriga e a sensação de liberdade e leveza. Como era bom.
O outro significado desta palavra nem sempre é agradável, motivo pelo qual suponho que muitas pessoas evitem fazê-lo. Fazer um balanço da relação, um balanço da vida profissional ou um balanço das finanças requer pés no chão para evitar uma análise equivocada e ilusória.
De qualquer forma em ambos os significados o balanço oscila entre dois pontos e requer impulso do nosso corpo para se manter oscilando.
Talvez você já tenha vivido 30, 40, 50, 60, 70 ou quem sabe 80 anos. Quantas vezes parou para fazer um balanço de sua vida colocando de um lado o que valeu a pena ter vivido e de outro o que ainda gostaria de viver? Ao analisar o que valeu a pena ter vivido você terá indicadores sobre o que te faz feliz e ao pensar sobre o  que ainda gostaria de viver está se dando a oportunidade de definir um foco para sua vida. Você vai oscilar entre o que valeu a pena e o que pretende fazer para continuar no caminho da autorrealização.
O balanço financeiro faz parte do processo para podermos caminhar com segurança e liberdade.
Aqui vai um impulso inicial para você fazer uma análise da sua vida financeira. Ao final da análise você terá indicação de vários artigos que podem lhe ajudar.
Sucesso e seja feliz!